Sangue não se fabrica, compra ou vende, mas todo mundo necessita. Por isso, é sempre um desafio manter os estoques dos bancos de sangue em níveis confortáveis. Para ajudar, o Junho Vermelho busca conscientizar a população sobre os benefícios e importância da doação de sangue.

No dia 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue, data criada pela Organização Mundial da Saúde com a intenção de estimular a doação de sangue.

Fazer o bem tá no sangue!

O que você precisa para ser doador:

  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 69 anos
  • Pesar mais de 50 kg
  • Ter em mãos a identidade original
  • Estar descansado e alimentado.

Alerta vermelho!

Desde 2015, apenas 45% do sangue disponível na América Latina veio de doações espontâneas. Apesar da taxa representar um aumento de doações, está abaixo da meta de 100% da OMS.

Diversas são as situações que necessitam de unidades de sangue, por exemplo, acidentes graves e doenças severas. Por isso, ser doador regular é um ato humano e de cidadania que contribui para salvar milhões de vidas no mundo todo.

Antes de efetuar a doação, informe-se sobre quais são os impeditivos para realiza-la, por exemplo, febre, amamentação entre outras.

A doação de sangue segue algumas etapas para garantir a segurança do doador e do receptor, são elas: cadastro; pré triagem; triagem clínica; coleta de sangue e alimentação.

Para saber onde há bancos de sangue, acesse www.eudousangue.com.br/onde-doar. Basta chegar, fazer a entrevista e, se elegível, doar!

Curiosidades para uma primeira doação tranquila

  • O corpo de um adulto possui em média 5 litros de sangue.
  • Em cada doação, são doados no máximo 450ml de sangue.
  • 24 horas é o tempo em que o corpo repõe o volume de sangue doado.
  • A doação é feita com materiais descartáveis e é totalmente segura.
  • Uma única doação, pode salvar até 4 vidas.

Participe! Tornar-se doador é multiplicar vida, saúde e bem-estar para quem precisa!

Fontes:G1 | Pró-Sangue | ONU | Physiopilates | Grupo Mednet | Eu dou Sangue | Governo de São Paulo