A Vigilância Epidemiológica de Infecção humana pelo novo Coronavírus está sendo construída à medida que a OMS consolida as informações recebidas e novas evidências técnicas e científicas são publicadas, assim, este informativo poderá sofrer alterações.

O Brasil ativou o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública para acompanhamento e medidas cabíveis ao controle de possível transmissão da doença.

Há risco de epidemia global, porém a OMS não declarou como emergência em saúde pública de interesse internacional.

O que são Coronavírus:

Pertencente a Família Coronaviridae. Recebe este nome por apresentar em sua superfície espículas que lembram uma coroa.  Podem causar desde um resfriado comum até a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAS) e quadros intestinais.

Este novo Coronavirus, não havia sido ainda identificado em humanos.

Transmissão:

Através de gotículas respiratórias, por tosse e espirro, objetos contaminados ou até mesmo, pela disseminação no ar.

Não foi evidenciada transmissão de pessoa a pessoa fora da China até o momento.

Período de Incubação:

Cerca de 2 a 7 dias, podendo chegar a 14 dias.

Sinais Clínicos:

Febre, calafrios, dor de cabeça, mal-estar, dores no corpo. Os sintomas evoluem para tosse seca não produtiva com queda na oxigenação. A maioria dos pacientes com SRAS evoluem para pneumonia. Pode haver diarreia.

Diagnóstico:

Identificação do vírus em amostras de sangue, fezes ou secreções nasais, através de testes sorológicos.

Tratamento:

Não há medicação específica.

  • Repouso
  • Ingesta de líquidos
  • Sintomáticos como analgésicos e antitérmicos
  • Se apresentar gravidade, poderá necessitar de suplemento de oxigênio, até ventilação artificial.

Prevenção:

  • Higienização das mãos com água e sabão
  • Uso de álcool gel
  • Não tocar os olhos, boca e nariz com as mãos sujas
  • Cobrir boca e nariz ao tossir e/ou espirrar
  • Evitar contato próximo com pessoas com infecção respiratória aguda
  • Usar lenço descartável para higiene nasal
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal como talheres, pratos ou garrafas
  • Manter os ambientes ventilados

Vacinação:

Não há vacinas até o momento.

A vacina da gripe não protege contra o Coronavírus.